Up Dicas dos Pontos de Mergulho » Belize


Belize

O Local:

Belize é um pequeno país na América Central que faz fronteira ao norte com o México e a Oeste com a Guatemala. Independente da Inglaterra a poucos anos (1981), Belize é o único país na América Central cuja língua oficial é o inglês, mas o espanhol e o criolo são bastante utilizados dependendo da região e aceitos como línguas regionais. Apesar de independente, Belize ainda é integrante da Comunidade das Nações sob o reinado da Inglaterra.

Ao longo de sua costa, Belize possui diversas ilhas que são muito procuradas por turistas pelas suas praias e mergulhadores pelos paredões de recifes e corais. Ao Norte fica o local mais badalado e procurado pelos mergulhadores, a cidade de San Pedro, segunda maior de Belize e destino principal. Mais próximo à cidade de Belize temos o atol de Turneffe e ao sul a cidade de Placencia.

Principais Pontos Visitados:

Great Blue Hole: Ponto mais famoso de mergulho de Belize. Apresentado por Cousteau ao mundo em 1973 e considerado por ele um dos 10 melhores pontos de mergulho no mundo, tornou-se destino obrigatório a todos os mergulhadores. Devido a sua fama, qualquer operadora oferece pacotes para o Blue Hole esteja ontem você estiver em Belize, porém é necessário que haja um mínimo de interessados para viabilizar o passeio.
Distante a cerca de 3 horas de navegação da capital, o Blue Hole é uma formação geológica formada a milhões de anos atrás com 300m de largura e 124m de profundidade. Apesar de sua fama e grande procura, não há muito o que ver por lá. Na entrada do buraco costumam ficar alguns tubarões de recife e galhas preta. Aos 40m de profundidade é possível ver algumas formações de caverna como estalactites.
Gladden Spit: A cerca de uma hora e meia de Placencia os mergulhos no parque marinho de Gladden Spit são realizados no azul. Neste local são feitos os mergulhos a procura dos tubarões baleia. Neste ponto, na época certa, é possível avistar grande peixes, grandes cardumes, tartarugas, golfinhos, etc.

Atol de Turneffe
Coral Canyon: Ponto mais bonito no atol de Turneffe, as formações de corais gigantes intercalados por corredores de areia, formam paredões parecendo-se como cânions gerando um visual espetacular.
Stingray Motel: Ponto de descanso de diversas raias prego. Além delas, raias chitas costumam circular pelo local também.
Coliseum: Local como vários outros no atol, com uma faixa grande de corais bem preservados e uma diversidade de peixes e outros seres marinhos. Neste site tivemos a sorte de encontrar um Manatee (Peixe-Boi)!

Quando ir:

De agosto a outubro, a época pode ser perigosa para visitar Belize em função do período de furacões. Apesar de estar um pouco abaixo da rota dos grandes furações, é uma possibilidade real a ser considerada.

No mais a temperatura da água é agradável, girando em torno de 26 graus durante o inverno e subindo a até 30 graus no verão com visibilidade em torno dos 30m.

De Placencia saem os barcos para Gladden Spit onde são realizados os mergulhos com os tubarões baleia. A melhor época vai de abril a junho logo após a lua cheia.

Fora o Mergulho:

O Hotel no Atol de Turneffe está no meio do nada, então se você não for mergulhador, sinceramente não sei o que você vai fazer por lá a não ser aproveitar pra descansar muito na areia da praia. O Hotel disponibiliza caiaques, pranchas de standup, jogos, livros e um bar pra chamar de seu... :o)

Em Placencia existe a cidade que dá algumas opções de bares e restaurantes durante a noite. Não espere baladas ou festas por lá. De resto, praia, sol, livros, bate-papo com a galera e muita tranquilidade...

Existem operadoras de turismo que oferecem algumas opções de atividades como passeios em cavernas, zipline (tirolesa), pirâmides Maia, etc.



O que Levar:

Para o mergulho, um short-john de 3mm é mais que suficiente e para os mais friorentos uma peça inteira de 5mm atende. Fora d'agua muita bermuda, camisetas leves, óculos de sol, quilos de protetor solar e toneladas de repelente principalmente se ficar em uma ilha mais afastada.

Dependendo do local onde ficar hospedado e do sites escolhido para o mergulho, é recomendado que os mais sensíveis ao balanço do mar leve alguma medicação contra enjoo. Mergulhos como Gladden Spit são feitos em mar aberto e a travessia até o Blue Hole podem ser mais ondulados dependendo do dia.

Recomendo:

Caso opte por ficar em uma cidade mais afastada da capital, provavelmente irá ter que pegar um voo interno ou um transfer de barco. Esses transfers e voos internos são feitos em barcos/aviões pequenos que tem/impõe limite para bagagem e dessa forma é recomendado que não leve uma mala muito grande. Apesar disso, mesmo com as restrições de tamanho e peso que as companhias notificam, não é feito nenhuma checagem quanto a excesso mesmo no meu caso que estava nitidamente com excesso não foi cobrado nenhum adicional.

É bom estar preparado financeiramente para os gastos no país. Apesar de ser um país pequeno, subdesenvolvido, com várias limitações em sua infraestrutura, Belize é um país muito caro. Gasta-se muito para produtos e serviços que de longe chegam a altura do valor cobrado. Caro pra comer, pra beber, fazer um passeio, mesmo o supermercado local onde os moradores frequentam é caro. Menos caro, mas ainda caro e sem razão aparente.

Curioso é que apesar da influência inglesa no pais, como por exemplo a face da rainha Elizabeth II em sua moeda, o Dólar Beliziano segue uma paridade com o Dólar Americano de 2 para 1, a tomada segue o padrão americano, assim como a direção não seguiu a mão inglesa.









Críticas e Sugestões, favor entrar em contato:

Trilhas & Mergulho