Up Dicas dos Pontos de Mergulho » Recife/PE


Recife/PE

O Local:

Considerada por muitos como a capital do naufrágio brasileiro, Recife possui mais de 20 pontos de mergulho com os mais diversos tipos de naufrágios para todos os níveis de mergulhador.

Apesar da água quente, em torno de 27 graus, e da boa visibilidade, em torno dos 15 a 30ms, os pontos são em mar aberto sujeito a correntes e em profundidades que variam dos 20 aos 35ms sendo a grande maioria dos pontos de mergulhos profundos. Na superfície, a navegação em mar aberto quase sempre é um desafio aos navegantes que costumam sentir os efeitos das intermináveis marolas.

Apesar de ter mergulhos para todos os níveis, Recife é um destino mais recomendado para mergulhadores avançados, de preferência com certificação em Nitrox e mergulhadores técnicos. O motivo é um só, os mergulhos são profundos e uma vez lá embaixo só subimos quando a tabela ou o cumputador nos manda : )

Principais Pontos Visitados:

Servemar X: Rebocador afundado pelo projeto Parque de Recifes Artificiais, tornou-se um ponto certo para avistar tubarões lixa.
Pirapama: Dormitório das tartarugas gigantes, é um dos melhores pontos no Brasil para se fazer um mergulho noturno. Mas os diurnos neste ponto são igualmente fascinantes!!! Sem dúvida, o carro chefe dos mergulhos em Recife. Obrigatório!
Lupus: Rebocador afundado pelo projeto Parque de Recifes Artificiais, está em ótimo estado de conservação e permite penetrações em todos os seus compartimentos. Para quem curte se aventurar por dentro das embarcações, é diversão na certa ; )
Rebocador: Rebocador naufragado sem identificação. Ponto de concentração de vários cardumes e raias.



Quando ir:

Recife pode ser visitada durante o ano todo, porém devido aos ventos que constantemente sopram por lá, é possível que alguns mergulhos tenham que ser cancelados ou mesmo serem feitos em condições de navegação não muito agradáveis. Via de regra, a melhor época para mergulhar em Recife é no verão.

Fora o Mergulho:

Recife por ser uma capital no litoral, oferece muitas atividades fora o mergulho. As praia infelizmente devido aos ataques de tubarões nos últimos anos, afugentou muito os turistas e tem ficado mais vazias. No final da tarde, os barzinhos são uma boa pedida para fechar um dia de mergulho e se quiser esticar a noite, as opções de baladas são variadas.

Próximo a Recife, temos Olida ao lado que vale uma visita pelo seu valor cultural e ao sul vale a pena dedicar uns dias para conhecer Porto de Galinhas. Em Porto, as opções são variadas com várias praias, passeios de buggy e também alguns pontos de mergulho.

O que Levar:

Para mergulhar, uma roupa de 3mm é o suficiente. Fora isso os já obrigatórios protetor-solar, óculos escuro, roupa leve, etc. De noite dependendo da balada que quiser ir, não vão te deixar entrar de bermuda, então levar uma roupa pra sair pode ser uma boa pedida.

Para os passeios no barco, devido aos ventos constantes, um remédio contra enjôo pode ser aconselhável.

Recomendo:

Para os mergulhos, recomendo fazer quantos mergulhos puderem no Pirapama, mergulhar lá todos os dias, ou noites não chega a ser é um exagero!!

Ao andar em Recife de noite, evite ruas desertas e andar sozinho. Pocure não ostentar objetos de valor.

Reserve alguns dias do seu passeio e visite Porto de Galinhas. Aproveite os vários passeios e os diversos restaurantes que existem por lá.









Críticas e Sugestões, favor entrar em contato:

Trilhas & Mergulho